Ir para o conteúdo

PARTICIPA MARANHÃO

plataforma digital de participação popular do maranhão

ou

0 comunidades

Nenhum(a)

0 amigos

Nenhum(a)

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

8 de Maio de 2015, 14:23 , por Participa.ma - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Consulte aqui informações sobre o Licenciamento SP

17 de Julho de 2017, 3:00, por Fernanda Amaral

Licenciamento SP – O processo de licenciamento é um requisito obrigatório para todos os proprietários de veículos automotor que fora circular nas estradas e rodovias brasileiras. Desta forma, você que quer circular sem nenhuma restrição e sem medo nas ruas de sua cidade e estado, deverá fazer esse procedimento ano após ano.

No estado de São Paulo o valor do Licenciamento é um pouco mais caro que os demais. Isto ocorre pelo fato da metrópole possuir um maior número de rodovias de maiores extensões.

Licenciamento 2018

A seguir você encontrará informações sobre o licenciamento SP e de outros estados, por isso leia atentamente as informações abaixo para você fazer tudo direito e estar apto a circular nas diversas vias espalhadas no Brasil.

O que é o licenciamento SP

Como já foi dito acima o serviço do Licenciamento SP tem que ser pago anualmente. Efetuar tal pagamento consiste na emissão de um novo Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo 2018.

É preciso que esse documento ande no seu veículo toda vez que você for andar com ele, pois é por meio dele que permite a circulação do veículo em território nacional.

Caso ao contrário, você estará cometendo uma infração leve com diversas consequências tais como:

  • Penalização de 7 pontos na carteira de habilitação;
  • Retenção do veículo;
  • Apresentação do documento;
  • Multa de cerca de R$192,00.

Licenciamento SP

Caso você tenha o seu veículo apreendido no estado de São Paulo você poderá pega-lo novamente quando você fizer o a solicitação do licenciamento de veículos de forma presencial do órgão do Detran SP. Para isso é preciso que você esteja com os seguintes documentos em mãos:

  • Licenciamento do ano transato;
  • Pagamento do DVAT do ano atual;
  • Comprovante do pagamento do IPVA do ano transato e atual;
  • Se existirem multas tem de apresentar o comprovante do pagamento;
  • Recolhimento da taxa de licenciamento.

Por isso fique sempre atento a esse requisito, para que assim você não venha ter problemas futuro com o departamento estadual de transito. Sendo assim, não deixe de conferir seus direitos e não corra o risco de perder a sua CNH e não pagar multas consideradas abusivas.

Onde fazer o licenciamento de veículos

O licenciamento São Paulo tem um principal objetivo de garantir que nos asfaltos brasileiros apenas circulem automóveis com as condições adequadas de seguranças tanto para o condutor, quanto para o ambiente, vistoriando toda a parte de ruídos e meios que possam sair fumaças corrosivas para o meio ambiente e além disso para as demais pessoas que estão ao redor dele. Desta forma foi criada uma vistoria anual que deveria ser rigorosa e isenta, o que nem sempre se verifica.

Acesse: www.detran.sp.gov.br.

Sendo assim, para realizar a vistoria do seu veículo para tirar o licenciamento SP é preciso que você vá no órgão do Detran sp renavam da sua cidade ou em locais que estejam autorizadas pelo órgão a realizar esse serviço tendo assim a possibilidade de receber os documentos na sua residência por meio dos correios ou esperar um tempinho para sair de lá, já com os documentos em mãos.

Depois de ter consultado essas valiosas informações a respeito do licenciamento do estado de São Paulo, não deixe de estar acessando o site do Detran de seu estado para consultar a tabela. Em caso de maiores dúvidas, deixe o seu comentário logo abaixo.



IPVA BA - PAGAMENTO, CONSULTA

17 de Julho de 2017, 3:00, por Fernanda Amaral

Acompanhe as informações a seguir e saiba mais sobre o IPVA BA 2018. Saiba mais sobre pagamento, consultas, etc. O estado da Bahia já está preparando o IPVA 2018 e em breve todos os proprietários de veículos automotores no estado, poderão consultar o IPVA para efetuar o pagamento. Saiba agora como fazer para realizar sua consulta e manter o pagamento do IPVA BA 2018 em dia.

O IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – é um imposto estadual, ou seja, cada estado e também o Distrito Federal, ficam responsáveis pela divulgação das datas de vencimento, valores e descontos para quem optar pelo pagamento à vista. O estado da Bahia, já está se preparando para o IPVA 2018 que em breve já começa a ser disponibilizado para consulta.

No ano passado, o IPVA no estado da Bahia pode ser pago até o dia 10 de março, para quem optou pelo pagamento parcelado, sendo esta a data limite da primeira parcela para os veículos com o final da placa sendo 1. A tabela divulgado trazia os finais de 0 a 9 e s respectivas datas para o pagamento, referente à primeira, segunda e terceira parcela. A tabela informava também a data limite para conseguir desconto de 5%.

Em 2018 o processo será o mesmo, o estado da Bahia divulgará nova tabela trazendo o final das placas com as datas referente às parcelas e também para o pagamento com obtenção do desconto que poderá ser o mesmo, de 5%.

No último exercício do IPVA, tanto o Banco do Brasil como também o Banco Popular do Brasil estava credenciado para o recebimento do imposto na Bahia, através do sistema online, o que facilitou para muitos contribuintes que não precisam ir até uma agência bancária, nem enfrentar filas.

Para efetuar o pagamento pelo sistema online destes dois bancos, basta informar o número do RENAVAM – Registro Nacional de Veículos Automotores – e assim efetuar o pagamento com comodidade e segurança.

Importante ressaltar que o sistema viabiliza a baixa do imposto diretamente na base de veículos do estado da Bahia, sendo feito em tempo real, para que o atendimento a cliente melhore cada vez mais.

E em 2018 a Bahia estará usando este e outros métodos para garantir maior agilidade no atendimento e maior comodidade para que os contribuintes possam pagar o IPVA 2018 sem transtornos ou demora, o que é sempre um dos principais motivos das reclamações de quem tem veículo automotor no estado.

Se você mora no estado da Bahia e tem um ou mais veículos automotores, não deixe de ficar atento, no início do próximo ano, à divulgação da tabela onde poderá ser feita a consulta para pagamento do IPVA BA 2018.

Para consultar todas as informações sobre o IPVA na Bahia em 2018, basta acessar o site da Secretaria da Fazenda, no endereço do IPVA Bahia.



Imposto de Renda: Como Declarar, Tabela e Consulta

17 de Julho de 2017, 3:00, por Fernanda Amaral

 

Anualmente, um assunto preocupa os brasileiros e em 2018 não seria diferente. O Imposto de Renda 2018 pode parecer um bicho de sete cabeças, mas na verdade, não é. Quer saber como fazer a declaração e conhecer tudo a respeito do Imposto de Renda 2018?


O que é o Imposto de Renda 2018?


O Imposto de Renda é o nome dado ao valor descontado anualmente dos rendimentos do brasileiro. Os cidadãos que se encaixam no grupo determinado pela Receita Federal são obrigados a fazer a Declaração de Imposto de Renda todos os anos.

 

Nessa declaração, o cidadão “presta contas” com o Fisco, ou seja, declara todos os rendimentos recebidos naquele ano. O valor descontado é proporcional à soma dos rendimentos, portanto, quanto mais receber, maior será o imposto pago.

O valor recolhido pelo Imposto de Renda é entregue ao Governo Federal e deve ser usado para proporcionar melhorias nos serviços públicos estaduais, federais e municipais. Além disso, boa parte do valor arrecadado pelo Imposto de Renda é usada para pagar os salários de servidores públicos.

Quem Deve Fazer a Declaração do Imposto de Renda 2018?

Antes de aprender a fazer a declaração do Imposto de Renda 2018, você deve se certificar se obteve, em 2017, rendimentos superiores ao valor mínimo determinado pelo governo.

Se, em 2016, sua soma de rendimentos ultrapassou R$ 28.123,91, você deverá declarar o Imposto de Renda em 2018. Além disso, há outras características que tornam a declaração obrigatória. Veja quais são elas:

  • Ter recebido mais de R$ 40.000,00 em rendimentos isentos, tributados ou tributáveis exclusivamente na fonte.
  • Ter realizado qualquer operação na bolsa de valores.
  • Ter obtido qualquer ganho a partir de alienação de bens.
  • Ser proprietário de qualquer imóvel que valha, no mínimo, R$ 300.000,00.
  • Ter firmado residência no Brasil em 2016.

Como Fazer a Declaração do Imposto de Renda 2018?

A declaração do Imposto de Renda pode ser feita em qualquer computador com conexão à internet. A Receita Federal ainda não disponibilizou o link para download do programa de 2018, mas quando o mesmo for disponibilizado, poderá ser baixado nessa página. http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/pagina-do-imposto-de-renda

Para baixar o programa, clique em “IRPF 2018” e, em seguida, clique em

“Download do Programa”.  

Depois de baixar o programa, siga os passos abaixo para fazer sua declaração:

  1. Abra o programa.
  2. Início: preencha seus dados pessoais.
  3. Declaração: informe seus rendimentos, dependentes e deduções.
  4. Ganhos de capital: declare ganhos com participação em empresas ou venda de imóveis.
  5. Moeda estrangeira: declare ganhos com aplicações feitas em moedas estrangeiras.
  6. Renda variável: declare seus investimentos em ouro, ações ou demais bens.
  7. Atividade rural: preencha dados relacionados a pecuária, agricultura e extrativismo.
  8. Resumo: confira o resumo das principais informações da sua declaração.
  9. Faça o envio.

Tabela e Consulta ao Imposto de Renda 2018

A tabela do Imposto de Renda 2018 deve ser divulgada nos próximos meses. Por enquanto, você pode conferir a tabela atual com as alíquotas vigentes e valor a ser deduzido do IR. Acesse sempre nosso blog para conferir a tabela atualizada!



Conheça os novos benefícios da Previdência Social

17 de Julho de 2017, 3:00, por Fernanda Amaral

inss.gov.br – Com a introdução da Internet na vida das pessoas, muitos serviços passaram a ser realizados de forma online, bastando apenas alguns cliques para que você encontre a solução para algum problema.

Antigamente, era necessário encarar horas de fila para poder emitir algum documento, e devemos concordar que o atendimento pessoal não é lá um dos melhores do mundo. Graças a tecnologia, hoje o contribuidor brasileiro não precisa perder seu tempo para emitir, consulta extrato INSS e realizar uma série de ações relacionadas ao INSS e outras informações relacionadas.

Nesse artigo falaremos sobre as principais funções e recursos do site da Previdência Social, trazendo uma série de informações interessantes acerca do INSS 2018.

INSS 2018

A sigla INSS significa Instituto Nacional do Seguro Social. A entidade foi criada para garantir uma série de benefícios para o trabalhador que contribuir com a instituição, por meio do recolhimento baseado na faixa salarial do trabalhador, confira conosco a tabela INSS 2018.

As coberturas são as seguintes:

  • O pagamento da aposentadoria INSS 2018;
  • Auxílio quando o trabalhador estiver doente;
  • A possibilidade de se aposentar por invalidez ou algum acidente de trabalho;
  • E uma série de outros cenários onde a instituição garante o trabalhador uma assistência para os contribuintes.

Como acessar o Site INSS inss.gov.br

Para acessar o site do INSS 2018, o usuário deverá digitar em seu navegador o endereço do site da instituição, que é:

  • Acesse inss.gov.br.

No portal, é possível obter uma série de informações sobre todos os serviços e coberturas oferecidas pela instituição, tais como:

  • Auxílio-doença;
  • Guia da Previdência Social;
  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • etc e tal.

O site é responsivo e isso quer dizer que ele abrirá corretamente em celulares smartphones e tablets, promovendo assim acessibilidade ao contribuinte brasileiro, que pode acessar todas as informações disponibilizadas no site a hora que quiser.

Serviços oferecidos no site do INSS inss.gov.br

É possível encontrar os seguintes serviços no site do INSS:

  • Agendamento da Previdência Social;
  • Aposentadoria;
  • Auxílio-doença;
  • Cálculo da Guia da Providência;
  • Carta de Concessão;
  • Consulta de Situação de Benefício;
  • Extrato de Pagamento de Benefício;
  • Simulação;
  • Aposentadoria por Idade;
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição;
  • Aposentadoria por Idade da Pessoa com Deficiência;
  • Auxílio-Acidente;
  • Certidão de Tempo de Contribuição ao INSS;
  • SISOBI – Sistema Informatizado de Óbitos;
  • Extrato de pagamento de benefício;
  • Guia da Previdência Social (GPS);
  • Inclusão ou alteração de conta bancária para pagamento de benefícios;
  • Inscrição na Previdência Social;
  • Rede de Atendimento do INSS;
  • Revisão de benefício.

E uma série de outras funções que podem ser encontradas no site uma delas é o CND INSS 2018. Na página a seguir é possível conferir todas as ferramentas e funções oferecidas pelo inss.gov.br.