Ir para o conteúdo

PARTICIPA MARANHÃO

ou

Acessos - comunidade

  • 294651 acessos
 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

OP 2019: Audiências públicas movimentam as regiões das Reentrâncias Maranhenses, Médio Mearim, Baixo Parnaíba e Guajajaras

7 de Junho de 2019, 11:25 , por Maxwell Guerra Cunha Santos - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 186 vezes
Bacuri votacao

A participação da juventude através das escolas públicas estaduais e de membros de comunidades tradicionais, deram o tom da segunda rodada de audiências públicas que ocorreram em 8 cidades-pólo do Orçamento Participativo 2019.

Bacuri e Cururupu na região das Reentrâncias Maranhenses, Pedreiras e Santo Antonio dos Lopes no Médio Mearim, Brejo e Chapadinha no Baixo Parnaíba e Presidente Dutra e Barra do Corda na região dos Guajajaras, movimentaram entre os dias 4 e 6 de junho, membros dos poderes públicos e representantes dos diversos movimentos sociais em torno das discussões do orçamento público do estado com ênfase na escolha de prioridades que figurarão na LOA 2020 e PPA 20/23.

Em Bacuri, a Secretária adjunta de direitos humanos e participação popular Creuzamar de Pinho, falou da importância da participação das populações oriundas das comunidades tradicionais. "Quilombolas, quebradeiras de coco, agricultores familiares e população ribeirinha participaram ativamente dos debates e isto denota a vontade e prioridade do Governo do Maranhão em dar voz a todos os maranhenses sem distinção", frisou Creuzamar.

Outro ponto positivo desta rodada do OP, foi a participação efetiva de prefeitos e vereadores em diversas audiências, com destaque para Pedreiras com 6 prefeitos e Cururupu com a participação de 3 prefeitos da região. Para o Superintendente de participação popular da SEDIHPOP, Pedro Leonardo Tavares a participação do poder público vem aumentando a cada edição. "Essa dinâmica precisa ser replicada nos municípios para que a população se familiarize cada vez mais com as diversas formas de aplicação dos recursos públicos e seus impactos diretos na sociedade", concluiu.

Em Santo Antônio dos Lopes, Região do Médio Mearim, ações voltadas para a intensificação da produção agrícola (horticultura e fruticultura), de laticínios, piscicultura, pecuária, exploração de gás natural, entre outros, definiram as discussões entre a gestão e comunidades.

A secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça, representando o Governo do Estado, destacou a iniciativa do governo na implantação das audiências com as comunidades, desde o primeiro ano de gestão. “É extremamente importante estar representando o Governo para ouvir a população e para que juntos possamos direcionar melhor os recursos públicos”, reiterou.

Para a aluna Livia Regina, estudante do Ensino médio em Santo Antonio dos Lopes, a participação da juventude, sobretudo em tempos de retiradas de direitos é de suma importância. "Além disso, precisamos pensar em nosso futuro. Não é porque somos de uma cidade pequena que devemos pensar pequeno em relação às nossas vidas. Queremos e podemos mais, mais emprego e mais perspectivas", enfatizou a estudante.

Região Guajajaras

Na audiência em Presidente Dutra, representando o Governo do Estado, o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Lawrence Melo, pontuou que “as audiências têm importante caráter técnico-social e político, demonstrando a força da sociedade nas decisões políticas deste Governo e trazer para o debate o que é mais importante à população”.

As principais demandas da região são implantação de escolas rurais agrícolas e mais cursos profissionalizantes; medidas de incentivo à agricultura familiar, regulamentação de áreas rurais e atenção aos assentamentos. Há potencialidade para políticas nas áreas da agricultura, fruticultura, pecuária, agroindústria, beneficiamento do babaçu, piscicultura, artesanato, extrativismo vegetal, turismo e exploração do gás natural.

 

Mais Audiências

A terceira rodada das audiências públicas do Orçamento Participativo 2019 acontecem nos dias 11 de junho nas cidades de Açailândia, Bacabal, Carolina e Santa Luzia e no dia 13 de junho nas cidades de Grajaú, Imperatriz, Lago do Pedra e Santa Inês.

Fique ligado!

Participe das audiências, debata e traga sua opinião. Depois vote em sua proposta preferida através do participa.ma.gov.br ou ainda por meio das cédulas presenciais de votação que poderão ser retiradas em qualquer agência dos correios nos 217 minicípios do estado até o dia 15 de julho de 2019.

Orçamento Participativo.

Governo se faz com participação popular.

 

 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.