Ir para o conteúdo

PARTICIPA MARANHÃO

plataforma digital de participação popular do maranhão

ou

Acessos - comunidade

  • 149 comentários
  • 154806 acessos
 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Governo do Maranhão lança edital do semestre 2019.1 do Programa Cartão Universitário

14 de Maio de 2019, 21:18 , por Maxwell Guerra Cunha Santos - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 35 vezes
Cartao transporte universitario

O Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv) e Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) lançam nesta terça (14), o edital do semestre 2019.1 do Programa Cartão Universitário. O programa objetiva auxiliar universitários que precisam percorrer diariamente, distâncias de mais de 100 km (somadas ida e volta) entre a cidade onde reside e o município em que está situada a IES onde estão matriculados, com auxílio semestral de R$ 800,00 em parcela única.
Para este semestre o programa beneficiará mil universitários maranhenses que estejam matriculados em cursos presenciais e com regime diário de aulas em Instituições de Ensino Superior públicas ou privadas situadas no Maranhão e em estados circunvizinhos, amenizando o impacto econômico e incentivando a permanência e a continuidade dos estudos.
As inscrições para o edital do semestre 2019.1 começam amanhã quarta (15), e seguem até o dia 15 de junho, e devem ser feitas exclusivamente pelo site transporteuniversitario.juventude.ma.gov.br.

Saiba como participar
Os estudantes interessados deverão acessar o site do programa, preencher ficha online e anexar exclusivamente em formato PDF:
• Documento de identidade (frente e verso) e CPF;
• Foto 3×4;
• Os 6 comprovantes de residência dos últimos seis meses, fornecido por concessionárias dos serviços de água, energia elétrica ou telefonia/internet;
• Apresentar contrato ou recibo mensal de pagamento, caso o estudante resida em imóvel alugado;
• Apresentar declaração assinada pelo proprietário, caso o estudante resida com parentes ou outros, ou em imóveis cedidos;
• Comprovante de matrícula no curso declarado, para o período vigente, devidamente assinada pela IES;
• Histórico escolar disponibilizado pelo estabelecimento de ensino superior;
• Declaração firmada pelo estudante acerca da veracidade das informações prestadas, com sua ciência sobre as penalidades criminais em caso de falsidade, além da exclusão definitiva do Programa.
É de fundamental importância, ainda, que todos os candidatos leiam atentamente todas as disposições do edital. O candidato que tentar fraudar o programa será desclassificado e não poderá inscrever-se nas próximas edições. Se após o recebimento do auxílio, houver comprovação de fraude por um determinado candidato, o mesmo terá que devolver ao erário público o valor recebido e sofrerá processo administrativo por fraude.

 

Fonte: Ascom/Sedihpop


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.